Bacen autoriza renegociações de operações de crédito rural, destinadas à cultura do milho

Foi publicado em 03/02/2017, pelo Presidente do Banco Central do Brasil, Sr. Ilan Goldfajn, a Resolução n° 4.554, que altera a Resolução nº 4.532, de 24 de novembro de 2016, autorizando a renegociação de operações de crédito rural destinadas à cultura do milho, contratadas em 2016, com vencimento em 2017.

Assim, o BCB - Banco Central do Brasil, na forma do art. 9º da Lei nº 4.595, de 31 de dezembro de 1964, torna público que o Conselho Monetário Nacional, em sessão extraordinária realizada em 3 de fevereiro de 2017, com base no disposto nos arts. 4º, inciso VI, da Lei nº 4.595, de 1964, 4º e 14 da Lei nº 4.829, de 5 de novembro de 1965, e 5º da Lei nº 10.186, de 12 de fevereiro de 2001,

 

R E S O L V E U :

 

Art. 1º A Resolução nº 4.532, de 24 de novembro de 2016, passa a vigorar acrescida do seguinte art. 5º- A:

 

“Art. 5º- A Observadas as condições de enquadramento e demais condições desta Resolução, no que couber, ficam também as instituições financeiras autorizadas a renegociar as operações de crédito rural de custeio destinadas à cultura do milho contratadas no ano de 2016, com vencimento em 2017.

 

Parágrafo único. A renegociação das operações de que trata este artigo deve ser formalizada até 30 de abril de 2017.” (NR) Art. 2º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação.

 

A Resolução traz oportunidades ao agricultor de se organizar financeiramente em relação a queda econômica obtida com o cultivo de milho na Safra Verão, uma vez que houve um decréscimo significativo no valor da saca de milho, se comparado ao valor comercializado na Safrinha.

 

Em tempos de crise econômica, afetando os mais diversos setores do país, onde a agricultura tem sido a balança comercial do PIB Brasileiro, resoluções como esta, mostram-se acertadas, no intuito de driblar a crise, fomentando as atividades que não foram afetadas diretamente por esta.

 

Dentre os cereais comercializados no Brasil, a cultura do milho mostra-se uma das mais expressivas, por apresentar um alto potencial de produção natural, devido às circunstâncias climáticas e versalidade do cultivo, que adapta-se aos diferentes sistemas.

 

Contudo, o nível médio de produtividade ainda é considerado baixo e muito precisa ser aprimorado pelos agricultores, para que o plantio possa alcançar o máximo do seu potencial genético.

 

Estudos comprovam que agricultores que utilizam sistemas de produção mais eficazes, com alto nível tecnológico, possuem maior índice de sucesso nas plantações, do que aquele produtor que permanece realizando o cultivo de milho de forma volátil.

 

Face o exposto, a Resolução serve de alento para os produtores rurais cultivadores do plantio de milho, que queiram minimizar o decréscimo obtido entre a Safra Verão e Safrinha, possibilitando ainda, impulsionarem suas atividades, com investimentos na qualidade do plantio e manuseio, o que ocasionará em aumento de produção.

Fonte: http://www.bcb.gov.br/pt-br/#!/home