Ipsis Litteris

7 técnicas para garantir a produtividade no home office

Nos últimos anos, inúmeras empresas vêm adaptando os seus modelos de negócios de forma a permitir que seus gestores e colaboradores possam trabalhar remotamente. No entanto, a atual pandemia causada pelo Coronavírus, mostrou a necessidade de adaptar-se de forma abrupta os modelos de negócios para permitir que equipes de profissionais pudessem continuar o trabalho durante a quarentena.

Vale lembrar que essa repentina necessidade de adaptação não atingiu apenas o setor privado, mas também os órgãos públicos, também não se restringindo às grandes e médias empresas, uma vez que micro e pequenos empresários e profissionais liberais/autônomos tiveram que se adaptar diante dessa crise.

E é nesse contexto que uma grande parte dessas pessoas encontram dificuldades, sejam elas o aspecto psicológico ou mesmo a necessidade de aprender a utilizar novas ferramentas para desenvolver o seu trabalho remotamente. Uma outra dificuldade é a gestão desse trabalho remoto e a da produtividade das equipes diante nesse cenário.

Buscando ajudar você que quer ter mais produtividade trabalhando de casa e também você, gestor de equipe, nós separamos 7 técnicas para garantir a produtividade no home office. Vamos a elas.

1- “Antes de sentar-se para meditar, lave a louça”

Essa frase, atribuída por muitos a Budha, sintetiza a ideia que queremos passar aqui. Muitas pessoas, por não estarem habituadas a trabalhar a partir de casa têm uma grande dificuldade para iniciar. No entanto, o primeiro passo é organizar o seu ambiente de trabalho.

Você pode começar a fazer isso separando um local específico da sua casa para o seu trabalho, mas lembre-se de que não é ideal que esse local seja o mesmo que o seu lugar de descanso, pois é necessário estabelecer mecanismos que possibilitem ao seu cérebro diferenciar o seu momento de descanso do seu momento de trabalho. Isso será extremamente importante para auxiliar na sua produtividade e também para permitir que você tenha momentos de descanso agradáveis.

Além disso, lembre-se de manter o minimalismo, pois o excesso de objetos e informações desnecessários no ambiente podem tirar o seu foco e até mesmo gerar uma sobrecarga de informações.

2 - “O combinado não sai caro”

Com toda certeza você já deve ter escutado essa frase em algum lugar, mas não é para menos, pois, quando falamos de home office, fazer acordos é fundamental. Aqui, na verdade, queremos te propor que você faça dois tipos acordos.

O primeiro desses acordos você deve estabelecer consigo mesmo, pois, se você não estiver comprometido com aquilo que se propôs a fazer, é inconcebível que seja feita uma cobrança de terceiros. Aqui é preciso que você tenha clareza daquilo que se propôs a fazer, bem como é fundamental que você estabeleça metas e que tenha uma rotina (falaremos sobre isso mais à frente).

Além desse acordo consigo mesmo, é necessário que você alinhe as expectativas com aquelas pessoas que convivem com você. Busque explicar a elas que naquele momento você está trabalhando e que os momentos para interação/diversão serão fora do seu horário de trabalho. Mas lembre-se: essas pessoas não estão lhe atrapalhando de propósito, por isso é preciso alinhar as expectativas, sempre com cordialidade e bom senso.

3 - Remova ou amenize as distrações

As distrações podem ser um grande vilão quando falamos de home office. E essas distrações vão desde coisas simples, como a desorganização, até mesmo situações mais complexas e que estejam alheias ao seu controle, como barulho de carros ou de pessoas na rua.

E esses são alguns dos motivos que tornam a escolha do ambiente ainda mais importante. Quando você for escolher um ambiente para trabalhar, busque escolher um local calmo e bem iluminado, pois isso, com toda certeza, tornará o seu trabalho mais produtivo. Além disso, mantenha esse ambiente o mais organizado possível, pois, nesse caso, menos é mais.

Procure meios de eliminar as pequenas distrações, como abas abertas em excesso no navegador e o seu celular. Utilize um navegador (browser) para o pessoal e outro para o profissional e, quanto ao celular, se não for possível mantê-lo distante, utilize aplicativos que lhe mantenham mais focado (existem inúmeros nas lojas de aplicativos).

4 - Planeje o seu dia

Estabeleça as tarefas que você precisa realizar naquele dia, bem como o horário no qual você começará e no qual encerrará o seu trabalho. Aqui também é necessário que você estabeleça horários para intervalos e refeições, tentando mantê-los o mais próximo possível dos seus horários habituais (aqueles que você já fazia no escritório).

Tenha metas claras e mensuráveis para avaliar a sua produtividade, pois somente assim você conseguirá adaptar sua rotina. Insira também um tempo para praticar atividade física durante o dia, pois isso, com toda certeza aumentará a sua produtividade.

5 - Troque de roupa

Lembre que o home office é uma condição de trabalho, não uma profissão, então busque vestir-se para o trabalho, tendo em vista que a forma como nos vestimos interfere diretamente na nossa confiança e na forma como nos vemos, e isso impacta diretamente no rendimento durante o trabalho.

6 - Se prepare

Preparar o seu ambiente para o trabalho é fundamental. Então, separe tudo aquilo que você pode precisar para trabalhar e deixe tudo acessível. Isso evitará pausas desnecessárias e ajudará a manter a concentração durante um maior período.

7 - Esteja atento (a) às suas particularidades

Cada pessoa é diferente, portanto busque se conhecer e entender aquilo que funciona melhor para você. Teste e vá adaptando as técnicas à sua realidade. Dessa forma, você conseguirá maximizar a sua produtividade e sentir-se mais livre.

 

Por Eduardo Lima de Andrade